Logo
Atendimento (67) 3345-0333

Segunda a Sexta-Feira das 07:00 às 13:00

Email para contato

contato@grandelojams.org.br

CARTA DE MACEIÓ

11/07/2016

A Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil – CMSB, instituição que congrega as 27 Grandes Lojas Maçônicas dos Estados brasileiros e do Distrito Federal, reunidas na XLV Assembleia Geral Ordinária, no período de 2 a 6 de julho de 2016, em Maceió-AL, consoante as Declarações de Princípios que norteiam a Maçonaria Universal e,
Considerando um dos momentos mais críticos por que passa o país, no que tange à crise que hodiernamente se vive, sobretudo no que diz respeito aos valores morais e éticos que, inevitavelmente, apresentam como consequência procedimentos rotineiros de corrupção, suborno, tráfico de influência, e outros, que inviabilizam a vida proba e correta no Brasil;
Considerando o respeitável e extraordinário trabalho que a Polícia Federal vem desempenhando, que se traduz nos subsídios necessários para que o Ministério Público Federal e a Justiça Federal exemplarmente adotem medidas rígidas contra aqueles que se locupletam ilegalmente do erário;
Considerando que a nação brasileira recentemente manifestou-se, por intermédio da imensa maioria do seu povo, pela indignação em relação aos vexatórios e comprometedores comportamentos que norteavam inúmeros dos principais dirigentes do país, os quais agiam em completa deturpação do arcabouço legal do Brasil;
Considerando que as apropriações indevidas das finanças públicas por parte de pessoas e grupos, bem como o envolvimento de corporações privadas neste sistema, geraram profundo desgaste para a confiança e o conceito do Brasil perante a comunidade internacional;
Considerando que, em decorrência da indignação da população, repercutiu na classe política nacional a necessidade de providências, o que provocou como principal ação o transcurso de um processo de impedimento da Presidente da República;
Considerando que a partir deste processo instalou-se um governo interino que tem demonstrado inúmeras iniciativas no afã de restabelecer o crescimento do Brasil, imputando-lhe credibilidade tanto para os seus cidadãos quanto para os países estrangeiros, permitindo que ele retome seu desenvolvimento;
Resolve,
Reconhecer a excelência do trabalho desenvolvido pela Polícia Federal, Tribunal de Contas da União, Receita Federal, Ministério Público Federal e Justiça Federal, mormente nas ações de combate à corrupção;
21
Manifestar apoio institucional às autoridades constituídas, especialmente à Presidência da República Federativa do Brasil, na medida em que promova ações que garantam o restabelecimento da “confiança nos valores que formam o caráter de nossa gente, na vitalidade da nossa democracia, na recuperação da economia nacional, nos potenciais do nosso país, em suas instituições sociais e políticas”, como bem citou no seu discurso de posse o Sr. Presidente da República em exercício;
Postular para que se iniciem as tão sonhadas reformas política, tributária, trabalhista e previdenciária, a fim de que o país tenha condição de trilhar novos caminhos que outrora existiram de maneira regular, aperfeiçoando o sistema democrático do Brasil, com ênfase na meritocracia;
Pleitear para que se adotem medidas no sentido de que as obrigações do Estado privilegiem as áreas da educação, saúde, segurança e a inclusão social, eixos fundamentais para o bom desenvolvimento de uma nação.
Maceió, Alagoas, em 6 de julho de 2016.